Prometo falar sério mas em forma de piada e sem ligar pra muita coisa

Eu só quero morrer. Talvez essa não seja a melhor maneira de começar uma crônica, mas é o primeiro pensamento que dá na cabeça de muita gente ao acordar. Eu só quero morrer. Abandonar tudo. Fugir. Mas você não morre, não abandona coisa alguma – pouco importa o quanto te esteja machucando -, não tenta nenhum recomeço pois não faz ideia de como parar o que está acontecendo e vá lá, você não pode se dar o privilégio de morrer. (Tem muita gente por aí querendo morrer mais que você e nem por isso elas se matam. Elas fazem o que você faz, dão seus pulos querendo morrer mesmo). Você levanta da cama e joga água no rosto sem olhar no espelho, escova os dentes que não vê faz tempo, caga ouvindo as notícias do dia e pensando foda-se pra tudo, toma café com um cigarrinho triste entre os dedos, pensando na bosta de mais um dia que começou e então gruda a mochila e vai, sobe no ônibus querendo morrer, chega no trabalho querendo morrer, aguenta cliente chefe colegas otários aguenta tudo sorrindo e querendo morrer e no ônibus de volta pra casa você percebe que aquele trabalhão todo não te preencheu em nada. Com a cabeça explodindo você contempla seu próprio vazio nos rostos cansados ao redor e se pergunta se eles também querem morrer feito você. Mesmo antes de dormir sua cabeça não vai te dar descanso, ela vai te socar no peito pra você lembrar que amanhã tem mais mas você está tão esgotado pra pensar em qualquer coisa que termina por apagar no sofá depois de fumar um baseado. Você vai sonhar uma penca de sonhos que não vai lembrar no dia seguinte ao acordar com as costas gritando porque seu primeiro pensamento vai te trazer rápido a tortura de aturar mais um dia.

Você não morre porque morrer dói. Falta coragem e você é um covarde e os covardes vivem mais. O pontilhão não vai te puxar e te quebrar todos os ossos por conta própria, você precisa ir até ele e pular se quiser resultado. Você não vai fazer isso. E de fome ninguém quer morrer, por isso você aceitou um emprego que só faz te matar mais rápido. Ele te bota almoço na mesa e paga o teto que te protege de deus.

No fim, você nem quer morrer tanto assim. Só quer sentir que o dia amanheceu sem doer o peito. Uma vez ouvi de sei lá quem que o que apavora o cristão na ideia de inferno não é pegar fogo, mas a eternidade sem esperança de que aquilo mude. Talvez seja isso o que chamam depressão, a completa escuridão por todos os lados e você de olhos abertos. Nunca haverá luz mas você nem assim fecha os olhos, pois se fechar, um piscar de olhos que seja, pode perder a misericórdia rápida duma vela a se apagar lá distante.

Você não morre por conta dum simples fato: nunca ter estado vivo. Como num aborto.

12 comentários em “Prometo falar sério mas em forma de piada e sem ligar pra muita coisa

  1. És incrível, Dearrot. Vi-me ao fim do texto, muito antes do que gostaria que acabasse. No entanto, excelente.

    Sei que o tema é tão triste, e a tristeza, sobretudo a insistente permanente, é a proximidade da morte. Tive meses de tanta escuridão este ano, meu amigo, um desalento essencial da conexão com o mundo, da solidão que só é ruim por conta da presença de todos os que me tornam só. Mas tuas crônicas, tuas tristuras tão duras, tais flores de pedra desalentas, essas folhas escritas balsamizam alguma coisa. Desejo-te outra coisa, que não tais tristezas persistentes, e em meu amor por tuas letras, que as escreva, quais forem.

    Minha contista predileta é Clarice, e meu cronista preferido é você.

    Curtido por 1 pessoa

  2. “Nunca haverá luz mas você nem assim fecha os olhos, pois se fechar, um piscar de olhos que seja, pode perder a misericórdia rápida duma vela a se apagar lá distante.” – acho que essa é a melhor frase que eu li num texto esse ano todo, viu. Foda demais. Janaina RochidoJornalista / Mídias DigitaisBelo Horizonte / MG  https://www.linkedin.com/in/janainarochido/

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s